Categoria: Santa Maria

Recent Posts

Para as gerações que estão vindo aí, eu sugiro aos repórteres um profundo mergulho nos resultados das eleições para vereadores e prefeito de Santa Maria em busca de ligações com a tragédia da Boate Kiss – um incêndio que matou 242 pessoas e feriu outras 680, a maioria universitários, na madrugada de 27 de janeiro de 2013. O caso é descrito pela enciclopédia Wikipédia: ” a segunda maior tragédia no Brasil em número de vítimas em um incêndio, sendo superado apenas pela tragédia do Gran Circus Norte-Americano, ocorrida em 1961, em Niterói, que vitimou 503 pessoas. E foi semelhante ao incêndio ocorrido na Argentina, em 2004, na discoteca República Cromañón. Classificou-se também como a quinta maior tragédia da história do Brasil, a maior do Rio Grande do Sul, a de maior número de mortos nos últimos cinquenta anos no Brasil e o terceiro maior desastre em casas noturnas no mundo.”
É uma tragédia grande demais para ter passada despercebida pelos eleitores, principalmente os parentes das vítimas que estão organizados e lutando para que se faça Justiça no caso – os quatro suspeitos pelo incêndio estão aguardando o julgamento em liberdade, o que é considerado uma afronta aos gaúchos. No mês passado, o prefeito da época trocou o cargo pelo de secretário da Segurança Pública do Rio Grande do Sul. Aos jovens repórteres, eu faço um relato particular. É importante documentar a influência de acontecimentos relevantes locais com o andamento da política. O resultado da apuração é para o pesquisador da história uma informação muito valiosa. E para as autoridades um lembrete: o caso faz parte da agenda dos reporteiros.