Repórteres, por onde andavam os órgãos de fiscalização enquanto o Brasil era pilhado?

Há uma pergunta que não quer calar. E cabe aos repórteres não deixar que se cale. Frente à enxurrada de relatos, feitos nas deleções premiadas dos ex-executivos da empreiteira Odebrecht, de como eram corrompidos os parlamentares. É de se perguntar: como tudo aconteceu sem ser notado pelos órgãos de fiscalização: Tribunal de Conta da União Read More…